palavras

Dicionário de termos indiciários: Impureza

IMPUREZA: a inclusão de vários conceitos abaixo no âmbito de impureza deve-se mais a certas tradições comportamentais, religiosas e éticas do que a critérios objetivos, contemporâneos, e pode ser considerada em muitos casos preconceituosa.

impuridade, imundície;
impudicícia, indecoro, indecência, salacidade, obscenidade, cenosidade, pacholice, despudor, impudor, desonestidade, desenvoltura, carnalidade, lubricidade, sensualidade, sensualidade imoderada, lascívia, luxúria, carne, desejo, filoginia, voluptade, voluptuosidade, soltura, tripúdio;
libertinagem, libidinagem, podridão, devassidão, torpeza, crápula, bilontragem, licenciosidade, frascaria, desregramento, dissolução de costumes, depravação, corrução, pecado, pouca-vergonha, paixões carnais, carnis desideria = apetite venéreo, concupiscência, desejos impuros, ereção, priapismo, eretismo,;
faux pas, passo errado = mau passo, escorregão, amor incestuoso, incesto, fornicação, mércia, coito = afrodisianismo, cópula, ligação sexual, concúbito, ajuntamento carnal;
defloramento, desfloração, desflorescimento, vergonhaça, sedução, transvio, desonra, vergonha, desvirginamento;
estupro;
poluição, conspurcação, ultraje ao pudor, abuso, rapto, amor livre, prostituição, má vida, a vida de amor livre, fado, vida de bordel, degradação, meretrício;
heterismo, amor entre iguais, fanchonismo = pederastia, sodomia, uranismo = homossexualidade, inversão sexual, tribadismo, onanismo, masoquismo, sadomasoquismo, esbórnia, suruba;
amor sáfico/lésbio/lésbico, pederasta, bicha, veado, boiola, gay, fanchona, lésbica, paraíba, cafetão, gigolô, cafetina;
adultério, infidelidade conjugal, menage a trois, corno, chavelho, chifre, concubinato, concubinagem, amigação, amiganço, contubérnio, amizade (colorida), mancebia, mangalaça, amancebamento, barreguice, amizade ilícita;
harém, bordel, covil, alcoceifa, farra;
covil, antro de sensualidade;
alcoice, prostíbulo, lupanar, calógio, bramadeiro, lodaçal, sentina, pandemônio, rendez-vous, casa de passe, cada da tia, puteiro, serralho, pornografia, pornografismo,;
obscenidade, ditos obscenos, fesceninas, bocagem, turpilóquio, pacholice, pachochada ou pachouchada, palavrão, palavrada;
asneira, asneirola, asnada;
dicélias, dança lasciva, fofa; quimbete, batuque, chica, xiba, cançã, sarabanda, maxixe; orgia, chegança, bacanal;
partes pudendas, órgãos genitais, regiões baixas, regiões públicas, encasamento;
cio, berra, brama, lua, aluamento;
ninfomania, uteromania, furor uterino = erotomania = andromania = metromania = histeromania, satiríase, sadismo, lenocínio;
alcovitaria, alcovitice, alcoviteirice, prexenetismo;
afrodisiografiia: descrição dos prazeres do amor, kama sutra.

V. ser (devasso & adj);
praticar atos luxuriosos = voluptatis deditum esse, luxuriar, meter a alma no inferno, pecar; pecaminar, praticar atos contrários à virtude, marafonear, arreitar (chulo), excitar apetites venéreos em, frangalhotear, dar um amasso, serrar(-se), estimular sensualmente;
estar (desvirginada & adj); ser oferecida à lubricidade de, debochar, devassar, prostituir; conspurcar, corromper, impurificar, deflorar, descabaçar, molestar, rouçar = violentar, desonestar, bolinar, fazer perder a candura, desvirginar, desvirgar, violar, estuprar, fandigar, aforcinar, forçar;
ultrajar, atentar contra o pudor; abusar de, desflorar, desonrar, imacular, seduzir, transviar, extraviar, desencaminhar, amarrar o pano (afric), quebrar os pontos a uma donzela, poluir, salpicar de infâmia e de lama, manchar, incestar, amancebar-se, contubernar-se, amaciar-se, amigar-se, abarrigar-se, ter comércio com, ter amante teúda e manteúda, ter seu arranjo (pop) = viver em mancebia, ter cópula carnal com, ter relações ilícitas com, ter coito, ter dares e tomares com alguém, conhecer carnalmente uma mulher, guilhar, copular, fazer sexo/amor, transar, comer, afogar o ganso, molhar o biscoito, trepar, bater palhada, chupar, prostituir-se, lançar-se na devassidão, conhecer;
descomedir-se, desregrar-se, escancarar a honra,
prevaricar, masturbar, pecaminar, pecaminar consigo mesmo, bater ou tocar punheta, prestar serviços torpes contra a natureza, cometer adultério, levar a desonra ao lar de alguém, por os cornos a alguém, cornear, acornear, fazer os fusos tortos, minotaurizar, incestar, amariscar, amulherar-se, amulherengar-se, ter a perversão do, ser; não ter a língua limpa, profanar ouvidos castos, soltar a língua, desbocar-se, dizer obscenidades, falar palavrão, deslinguar-se, alcovar, alcovitar;
servir de alcofa/de alcoviteiro/de pau de cabeleira, inculcar para a prostituição, estimular sexualmente, andar com cio, andar na berra, estar no cio.

ADJ. pornográfico, erótico, impuro, salaz, cenoso, imundo, desvergonhado ou desavergonhado, incasto, impudico, brejeiro, imodesto, desonesto, indecente, indecoroso, despudorado, irreverente, destabocado, desenvolto, deslinguado, desbocado, destravado, malsoante, grosseiro, livre, solto, equívoco, obsceno, vergonhoso, imoral, antimoral, malicioso, chulo;
pecaminoso, repelente, repulsivo, apimentado, amatório, cupido, fescenino, improferível, provocante, afrodisíaco, picante = salgado, concupiscente, concupiscível, intemperante, dissoluto, frascário, azevieiro, licencioso, lúbrico, libertino, marafoneiro, pático, vulgívago, bordeleiro, frangalhoteiro, femeeiro, atiradiço, libidinoso, sensual, heterista, incestuoso, crapuloso, fresco, venéreo, voluptuoso, safado, sem vergonha, imorigerado, luxurioso, lascivo, molito, depravado, sórdido, torpe, venerário, cenagoso, devasso, degenerado, desgarrado, dissipado, bandário, corrompido, pervertido, podre, hediondo, corruto ou corrupto;
de costumes lassos/livre, alcovitado = oferecido à prostituição;
impudente, escandaloso, descarrado, cínico, incontinente, bestial, debochado, amazelado, amazelento, asqueroso, porco, latrinário, prostibulário, sujo, perdido, reperdido, de virtude fácil, magano, seduzível, maculável, lasso, desordenado = duas vezes lasso, dissoluto, relaxado;
contrário e amoral aos bons costumes, mau, ignóbil, adultério, incestuoso, sodômico, pederasta, fanchone, reverso, aluado/referindo-se aos animais, de mais baixa espécie, femeeiro, atiradiço, afeminado, mulherengo, amulherado, amulherengado, alfenado, proclivis ad libidnem = dado lascívia; procax moribus = de costumes libidinosos.

“Mas quem pode livrar-se porventura dos laços que o amor arma brandamente?”

AZEVEDO, Francisco Correia dos Santos. Dicionário analógico da língua portuguesa: ideias afins/thessaurus.

CAMÕES, Luis de. Os lusíadas: poema épico.

Anúncios